quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Game Advertising na próxima Quarta Criativa



Na próxima quarta criativa para além de um tema especial vamos ter um convidado.
Vamos falar de game advertising com Tiago Ribeiro da BioDroid, uma empresa portuguesa que desenvolve jogos para consolas, internet e mobile.

Dia 11/02, as 13hs. Já sabem onde se inscrever. Até lá.

19 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. O chucky Egg !!!

    Que classico fenomenal!!!!

    ResponderEliminar
  3. Rola jogar um pacman enquanto ele fala?

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Posso levar o meu puto??? Tem quatro anitos, acho q ele ía adorar... jogos!!! " Sim, mãe, sim, vá lá...

    ResponderEliminar
  6. Tenho uma dúvida.
    Game Advertising? Publicidade a jogos?
    Ou
    In-Game Advertising? Publicidade em jogos?

    ResponderEliminar
  7. Game advertising.FIXE!
    Se quiserem começar a explorar o têma, tenho aqui na sala um livro cool sobre jogos e urbanismo. SPACE TIME PLAY.

    ResponderEliminar
  8. Ai que Geek! Gosto tanto, Bora lá

    ResponderEliminar
  9. Atenção que a inscrição NAO É AQUI NO BLOG....

    É naquele nosso site... o umasimumanao...

    =)

    ResponderEliminar
  10. SL, a questão é pertinente.

    Se bem que querem dizer a mesma coisa.

    Não existem tipologias de advertising consoante o ramo de actividade de cada empresa (Game, Computer, Supermarket, Soap, Car Advertising), logo quando se fala de game ou mobile, internet ou press advertising fala-se do meio :)

    ResponderEliminar
  11. Caro Shrek

    Eu sei que os experts são vocês mas creio que o termo específico é mesmo In-Game Advertising, que é o termo largamente mais utilizado (inclusive pelas maiores empresas especializadas na área como a IGA Worldwide (IGA - de In-Game Advertising).

    Tudo bem que, pelo que sei, não existem tipologias consoante o ramo de actividade de forma tão detalhada como refere (jogos, fraldas, motas, etc).

    No entanto existem inúmeras tipologias de publicidade e uma delas pode estar relacionada com a área de actuação dos produtores (do produto, claro, passe a redundância): Publicidade de Consumo / Publicidade Business-to-Business / Publicidade Comercial / Publicidade de Retalho / Publicidade Financeira / e Publicidade de Recrutamento.

    Se actualmente a publicidade A jogos é um pequeníssimo nicho e não forma um tipo específico de publicidade (ao contrário de por exemplo a publicidade de recrutamento), amanhã poderá não o ser, tal como outros tipos de produtos. Basta algum festival de publicidade lançar um categoria de publicidade a jogos (ou a automóveis,...) para se instalar a confusão sobre o que é Game Advertising (Publicidade a jogos) ou In-Game Advertising (Publicidade em/através de jogos). Pode ser semântica claro, mas as diferentes palavras e sua utilização existem para que nos possamos exprimir e entender o melhor possível.

    De qualquer forma, in-game advertising também sofre do mesmo mal de uma infinidade de tipologias. Cada autor, especialista ou empresa tem a sua.

    Tenho algum conhecimento de causa sobre este assunto porque efectuei uma investigação aprofundada no âmbito do meu Projecto de fim de Curso de Marketing (que intitulei: Marketing Experiencial e In-Game Advertising na Indústria de Videojogos nos E.U.A.). No projecto abordei todas as vertentes possíveis, desde o seu aparecimento às vantagens e desvantagens para anunciantes, produtores dos jogos e consumidores, entre outo tipo de informações. Defini ainda uma tipologia específica com exemplos e enquadrei com a análise a duas empresas de referência na área (A IGA Worldwide, uma das maiores e mais importantes empresas especializadas em In Game Advertising; e a Electronic Arts, a maior produtora independente de jogos no mundo, que utiliza, obviamente, publicidade em alguns dos seus jogos).

    A minha tipologia: Advergames / Static In-Game Advertising/ Dynamic In-Game Advertising / In-Game Product Placement (que contém ainda o sub-tipo de In-Game Plot Placement).

    Ainda voltei a abordar este tema na minha Tese de Mestrado em Marketing sobre Marketing experiencial e Publicidade em Indústrias Criativas.

    Pode ainda dizer que para a elaboração do projecto e da tese consultei e analisei mais de uma centena de fontes internacionais (e já agora, a título de curiosidade, tive 19 no Projecto e 17 na Tese).

    Se calhar eu é que devia ir aí à Leo falar disto! LoooooooooL

    E agora perguntam... porque é que me dei ao trabalho de fazer este Projecto e esta Tese?

    R: Porque adoro publicidade e accções inovadoras de marketing e tenho o sonho (desde criança) de trabalhar numa boa agência de publicidade (e que, infelizmente, ainda não tive a oportunidade).

    Abraço e... não me massacrem pelo testamento!

    ResponderEliminar
  12. SL,

    nós não massacramos ninguem :) e ainda agradecemos a ajuda neste esclarecimento e no empenho em ajudar e participar.

    Em todo o caso, e por não sermos "expert(os)" na matéria de In-Game Advertising convidamos alguem de fora com conhecimento na matéria.

    Para sermos claros... Estes rapazes vem cá falar sobre "PUBLICIDADE EM JOGOS" (o know-how deles) e não sobre "PUBLICIDADE A JOGOS" (o nosso know-how)

    Obrigado ;)

    ResponderEliminar
  13. [ mas esta 4ª criativa é apenas para os colaboradores da leo, não é?]

    ResponderEliminar
  14. Humm... Biodroid?
    Que jogos é que já desenvolveram?

    E o Know-how deles abrange Publicidade em Jogos? De certeza? O que é que vos leva a afirmar isso?

    Se calhar há aqui pessoal que sabe mais.

    ResponderEliminar
  15. Sempre fui nerd de jogos e de informática, não podia faltar a uma quarta destas.

    ResponderEliminar